segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Felicidade é...

Hoje estava assistindo One Tree Hill quando uma cena me prendeu a atenção. A personagem da Brooke dizia que se sentia "confusa e desconectada" uma vez que perdeu sua empresa e sua mãe foi parar na cadeia. Julian então diz que começou a pensar sobre o fato de as pessoas colocarem a felicidade como uma meta e não como um estado de espírito. Não sei se foi minha tpm ou o iniciozinho de ano só sei que aquilo me instigou.

Sabe, nós estamos sempre estipulando metas para cumprir, comprar aquele sapato, conseguir aquele emprego, enfim, deixando a felicidade cada vez mais longe de nós. Não crucifico ter metas, afinal, elas são essenciais na nossa vida. Precisamos ter um alvo, um objetivo (ou vários objetivos) de vida. Só que ser feliz não se encaixa aí. Ser feliz é como estar cansado ou com fome, não é permanente. Logo, é óbvio que momentos tristes também virão, mas assim como os momentos felizes, eles também passarão.

É claro que quando conseguimos o que queremos, como o sapato ou tal emprego, ficamos felizes. Mas também ficamos felizes quando passamos tempo com quem amamos. Ou quando ligamos a TV e está passando nosso filme preferido.

Ser feliz é fácil. Se todos pensassem assim, mais pessoas seriam felizes mais vezes.

Que 2012 seja um ano repleto de momentos felizes!

Quem quiser conferir a cena, clica aqui!


3 comentários:

  1. concordo, amiga =)
    que 2012 seja o mais feliz dos anos já vividos!

    ResponderExcluir
  2. Escrevendo cada dia melhor, minha amiga jornalista! =)

    ResponderExcluir